Orientação de projetos  |  2020

2020 - 2022

Projeto: Práticas Artísticas LGBTI+ nos Catálogos das Bienais de São Paulo

 

Coordenador/orientador:

Fábio José Rodrigues da Costa

 

Estudantes de graduação:

Carlos Henrique de David Geraldo

Ruan Pablo Bezerra de Souza

 

Bolsas de Iniciação Cientifica

Fundação Cearense de Desenvolvimento

Científico e Tecnológico – FUNCAP

Conselho Nacional de Desenvolvimento

Científico e Tecnológico - CNPq

 

Sobre o projeto

O projeto se insere na linha de pesquisa Arte/Educação para uma educação dissidente do Grupo de Pesquisa Ensino da Arte em Contextos Contemporâneos – GPEACC/CNPq em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino da Arte do Departamento de Artes Visuais do Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri – URCA. Tem por objetivos Mapear, cartografar e catalogar artistas LGBTI+ e suas práticas artísticas ao longo das edições da Bienal de São Paulo; Inserir estudantes da Licenciatura em Artes Visuais nos procedimentos da pesquisa sobre artes visuais e das bases conceituais e metodológicas da pesquisa baseada nas artes visuais; Colaborar com a pesquisa historiográfica da história das artes visuais LGBTI+ contemporâneas; Publicar catálogo online das(os) artistas LGBTI+, suas práticas artísticas e verbetes que passaram pelas edições da Bienal de São Paulo. A pesquisa se fundamenta nas Metodologias Artísticas e Educativas baseadas nas Artes Visuais.

2019 - 2020

Projeto: Artivismo LGBTI+ na América Latina e Utopias Pedagógicas

 

Coordenador/orientador:

Fábio José Rodrigues da Costa

 

Estudante de graduação:

Ruan Pablo Bezerra de Souza

 

Bolsa de Iniciação Cientifica

Conselho Nacional de Desenvolvimento

Científico e Tecnológico - CNPq

Sobre o projeto

Mapear e cartografar artistas LGBTI+ e suas práticas artísticas no contexto latino-americano a partir dos anos de 1960 do século XX. Inserir estudantes da Licenciatura em Artes Visuais nos procedimentos da pesquisa sobre artes visuais e das bases conceituais e metodológicas da cartografia baseada nas artes; Colaborar com a pesquisa historiográfica da história das artes visuais contemporâneas e da história do ensino das artes visuais no contexto latino-americano com base na a/r/tografia; Realizar estudo sobre o conceito de ativismo e artivismo nas artes visuais e no ensino de artes visuais a partir das práticas artísticas de artivistas LGBTI+ latino-americanos.

2018 - 2020

Projeto: Gay Power, Ensino de Artes Visuais e Utopias Pedagógicas na América Latina

 

Coordenador/orientador:

Fábio José Rodrigues da Costa

Estudante de graduação:

Carlos Henrique de David Geraldo

Victor Bezerra da Silva

Bolsa de Iniciação Cientifica

Fundação Cearense de Desenvolvimento

Científico e Tecnológico – FUNCAP

 

Sobre o projeto

Ao longo dos anos nos diferentes países latino-americanos foram surgindo importantes nomes da população LGBT que se tornaram ativistas políticos e artivistas com uma produção visual que passou e ainda passa ao largo das salas de aulas quando falamos de ensinar e aprender artes visuais. A ausência de pesquisas que cartografem a rica produção artística nas linguagens das artes visuais desses artistas tem contribuído para a manutenção de um conceito de artes visuais centradas nas “obras” de artistas heterossexuais, brancos, ricos, europeus ou estadounidenses. O projeto objetiva mapear artistas e produção visual em países da América Latina a partir dos anos 60 que se utilizando de uma prática artística se fizeram artivistas do movimento LGBTT. O projeto é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Ensino da Arte em Contextos Contemporâneos – GPEACC/CNPq, vinculado a linha de pesquisa Arte/Educação para uma educação dissidente em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino da Arte – NEPEA do Departamento de Artes Visuais do Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri – URCA.